EDUCAÇÃO EM SAÚDE: OFICINAS EM SAÚDE DO HOMEM NA ZONA DA MATA NORTE DE PERNAMBUCO


EDUCAÇÃO EM SAÚDE: OFICINAS EM SAÚDE DO HOMEM NA ZONA DA MATA NORTE DE PERNAMBUCO


Nascimento D.F.R.1; Anjos A.M.2; Anjos A.M.3; Lima G.G.V.4; Souza I.A.5; Costa M.P.6

1,2,3,4,5Residentes em Saúde Coletiva com Ênfase em Gestão de Redes de Atenção à Saúde – ESPPE; 6Enfermeira, vinculada a ESPPE.


Scientific Research and Reviews

Introdução: A Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem foi criada em 2009, com a finalidade de qualificar a saúde da população masculina na perspectiva de linhas de cuidado que resguardem a integralidade da atenção. Objetivo: Diante dessa perspectiva, a finalidade do presente trabalho será relatar a experiência em educação em saúde como facilitadores de oficinas em saúde do homem na Zona da Mata Norte de Pernambuco. Metodologia: Esse estudo trata-se de um relato de experiência, de um grupo de residentes em Saúde Coletiva, na facilitação das oficinas de implantação do Guia de Saúde do Homem para Agentes Comunitários de Saúde, que foram realizadas nos 10 municípios que compõem a XII Gerência Regional de Saúde, no mês de novembro de 2016. Resultados e Discussão: Segundo o Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde, a XII Gerência Regional de Saúde apresenta 614 Agentes Comunitários de Saúde, porém participaram das oficinas 317 (52%). As oficinas foram idealizadas de maneira que fosse possível aproveitar o conhecimento advindo das vivências cotidianas dos participantes em seus territórios, a respeito do público masculino. Foram utilizadas dinâmicas de grupo, apresentada a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem e, posteriormente houve a apresentação expositiva com exemplos da realidade, com vídeos e gravuras, para que pudessem fomentar a utilização do Guia de Saúde do homem. Ao término de cada oficina, foi lançada uma proposta aos municípios, que os mesmos fizessem ações focais em seus territórios que remetessem a um acolhimento melhor desse homem, para que posteriormente as experiências fossem apresentadas nem um fórum. Conclusão: Houve uma participação significativa dos profissionais, o que proporcionou um espaço favorável à troca de experiências e conhecimentos e a proposta de apresentação das ações focais no fórum, fomentou uma expectativa positiva na maioria dos grupos capacitados.


Palavras-chave:  Agentes Comunitários de Saúde; Saúde do Homem; Saúde Pública

Free Full-text PDF


How to cite this article:
Nascimento D.F.R.; Anjos A.M.; Anjos A.M.; Lima G.G.V.; Souza I.A.; Costa M.P.EDUCAÇÃO EM SAÚDE: OFICINAS EM SAÚDE DO HOMEM NA ZONA DA MATA NORTE DE PERNAMBUCO.Scientific Research and Reviews, 2018, 1:1. DOI: 10.28933/srr-2018-06-2801