Singularização Do Protocolo De Atenção À Saúde Da Mulher No Município Do Jaboatão Dos Guararapes


Singularização Do Protocolo De Atenção À Saúde Da Mulher No Município Do Jaboatão Dos Guararapes


João Pedro Sobral Neto¹, Bárbara Angélica Bispo Fernandes do Nascimento², Talita Helena Monteiro de Moura3, Gicely Regina Sobral da Silva Monteiro4; Ivanilde Maria Carvalho5, Alberto Luiz Alves de Lima.

1.Biomédico. Residente Multiprofissional em Saúde Coletiva pelo Instituto Aggeu Magalhães – IAM/FIOCRUZ-PE. 2. Enfermeira. Residente Multiprofissional em Cuidados Paliativos pelo Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira – IMIP. 3. Enfermeira. Coordenadora de Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde do Jaboatão dos Guararapes. 4. Enfermeira. Coordenadora de Políticas Estratégicas e Programas da Secretaria Municipal de Saúde do Jaboatão dos Guararapes. 5. Chefe de Núcleo da Política de Saúde da Mulher da Secretaria Municipal de Saúde do Jaboatão dos Guararapes. 6. Médico Veterinário. Secretário Municipal de Saúde do Jaboatão dos Guararapes.


Scientific Research and Reviews

Introdução: A Política Nacional da Atenção Básica estabelece a atenção integral à saúde da mulher como área estratégica e prioritária para atuação em todo o território nacional. Para a concretização efetiva da atenção à saúde da mulher na atenção básica é necessário garantir aos trabalhadores alternativas de qualificação e autonomia para desenvolver as ações nas unidades de saúde. Para efetivar este processo, o Ministério da Saúde vem construindo, desde 2014, Protocolos para a Atenção Básica. Objetivo: Descrever o processo de singularização do Protocolo de Atenção Básica: Saúde das Mulheres no município do Jaboatão dos Guararapes. Metodologia: Estudo descritivo e observacional a partir da experiência de singularização de um protocolo de cuidado para a saúde da mulher. Resultados e discussão: O município do Jaboatão dos Guararapes foi selecionado pelo Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio Libanês (IEP/HSL), em parceria com o Ministério da Saúde (MS) e Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (CONASEMS) para implantação e validação do protocolo de saúde da mulher de forma singular. A singularização do protocolo ocorreu de forma multiprofissional e regionalizada, por meio de um curso com a participação de 10 profissionais da assistência e 10 da gestão. Foram realizados quatro encontros presenciais entre os meses de setembro e dezembro de 2016. Após este processo foi publicada a portaria 010/2016 em 30/12/2016. As etapas seguintes incluíram reuniões com a equipe técnica da atenção básica e políticas estratégicas para realização de oficinas com os profissionais das equipes de saúde da família no período de abril a maio de 2017. Ao total 116 profissionais da atenção primária do município participaram das oficinas realizadas. Conclusão: A singularização do Protocolo de Saúde da Mulher reforçou a importância dos instrumentos que respaldem os profissionais nas suas condutas e no processo de reorganização da rede municipal, bem como, traz a possibilidade de uma atenção integral voltada para as particularidades do território e resolução oportuna das demandas de saúde da mulher.


Palavras-chave: Doença periodontal; UTI; Doenças respiratórias

Free Full-text PDF


How to cite this article:
João Pedro Sobral Neto Bárbara Angélica Bispo Fernandes do Nascimento Talita Helena Monteiro de Moura, Gicely Regina Sobral da Silva Monteiro; Ivanilde Maria Carvalho, Alberto Luiz Alves de Lima.Singularização Do Protocolo De Atenção À Saúde Da Mulher No Município Do Jaboatão Dos Guararapes.Scientific Research and Reviews, 2018, 2:16. DOI: 10.28933/srr-2018-06-2816