Oficina De Memória Com Enfoque Fonoaudiológico Em Idosos: Relato De Experiência


Oficina De Memória Com Enfoque Fonoaudiológico Em Idosos: Relato De Experiência


Shoyama Nadja da Silva Franco e Santos1; Artemísia Ruth Arruda de Lucena Veras2; Honória Honorato de Souza Neta1; Ingried Prímola Aguiar1; Nilmara Thalita Alves Araújo1; Veridiana Rosa da Silva1.
1-Discentes de Fonoaudiologia do Centro Universitário de João Pessoa- Unipê. 2- Fonoaudióloga, Mestre, Docente do Curso de Fonoaudiologia na Faculdade São Miguel –PE.


Scientific Research and Reviews

Introdução: O envelhecimento é um processo fisiológico que acarreta mudanças em vários aspectos, o qual reflete tanto em alterações físicas quanto em modificações nos aspectos cognitivos relacionados à atenção, concentração e memória, sendo comum a presença de desvios nas habilidades de comunicação decorrentes das implicações advindas da senescência. O crescimento da população idosa vem ocorrendo de maneira significativa em diversos países, fato que deve fomentar o desenvolvimento de estratégias para promover maior autonomia, independência e participação social, proporcionando a garantia de um envelhecimento ativo e saudável. Objetivos: Maximizar o desempenho das funções mnemônicas nos idosos com enfoque na abordagem fonoaudiológica voltada para a promoção de um adequado desempenho linguístico, visando de forma holística o favorecimento de uma melhor qualidade de vida aos senescentes. Métodos: Este estudo descreve atividades desenvolvidas em oficinas de memória voltadas para grupos de idosos pertencentes à comunidades que recebem o apoio de estagiários no serviço público de saúde do município de João Pessoa-PB. A metodologia partiu de atividades que contemplaram capacidades de concentração, atenção, memória e raciocínio. As dinâmicas realizadas foram: caixa surpresa para estimulação da narração associada ao nome objeto; cores em círculos para sequência lógica; jogo continue a música; sequência da motricidade e memória sensorial. Resultados: Todos os idosos participaram de forma ativa das propostas, demonstrando interesse durante as dinâmicas e boa interação com o grupo, ressaltando suas diferenças individuais que advêm de fatores como condição de saúde, história de vida e estruturas socioeconômicas e culturais. Conclusão: Nota-se a importância de estratégias voltadas para tal população, pois favorecem um melhor desempenho no cotidiano, nas atividades individuais e sociais, permitindo a decorrência ativa e saudável do processo fisiológico de envelhecimento. É válido ressaltar relevância da atuação fonoaudiológica nessa fase, uma vez que proporciona a conformidade das habilidades linguísticas, favorecendo assim uma comunicação eficiente e satisfatória.


Palavras-chave: Abordagem Fonoaudiológica; Envelhecimento; Experiência; Memória.

Free Full-text PDF


How to cite this article:
Shoyama Nadja da Silva Franco e Santos; Artemísia Ruth Arruda de Lucena Veras; Honória Honorato de Souza Neta; Ingried Prímola Aguiar; Nilmara Thalita Alves Araújo; Veridiana Rosa da Silva. Oficina De Memória Com Enfoque Fonoaudiológico Em Idosos: Relato De Experiência.Scientific Research and Reviews, 2018, 4:38. DOI: 10.28933/srr-2018-06-2838