Efeito Do Extrato De Cladódios De Opuntia Fícus-Indica Na Sobrevivência De Larvas De Aedes Aegypti


Efeito Do Extrato De Cladódios De Opuntia Fícus-Indica Na Sobrevivência De Larvas De Aedes Aegypti


Vila-Nova I.C1, Nascimento J.S2, Navarro D.M.F.A3, Almeida W.A4, Napoleão T.H5, Pontual E.V6
1Graduando do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas – UFRPE; 2Graduada em Ciências Biológicas-UFRPE; 3Docente da UFPE- Departamento de Química Fundamental, CCEN-UFPE; 4Graduando em Ciências Biológicas-UFPE; 5Docente da UFPE-Departamento de Bioquímica, CB-UFPE; 6Docente/Pesquisador do Departamento de Morfologia e Fisiologia Animal-UFRPE


Scientific Research and Reviews

O Ministério da Saúde do Brasil declarou estado de emergência de saúde pública em decorrência dos altos índices de casos de microcefalia, os quais têm sido associados ao vírus zika1. Nesse contexto, o controle de populações do mosquito Aedes aegypti tem se tornado a principal medida de prevenção da doença. Além de vetor do vírus zika, o A. aegypti é vetor da dengue, da chicungunya e da reemergente febre amarela.
Com o propósito de eliminar criadouros do A. aegypti, inseticidas sintéticos têm sido utilizados. Essa prática se iniciou em 1986, quando houve um dos primeiros surtos de dengue nas Américas2. Contudo, nem sempre este método é eficaz, uma vez que tem resultado na seleção de populações de mosquitos resistentes. Nesse sentido, plantas têm sido estudadas como fonte de compostos bioativos com efeitos tóxicos sobre os insetos, incluindo as lectinas3.
Lectinas são proteínas capazes de ligar carboidratos e aglutinar células de maneira reversível e específica. São encontradas em vários organismos, como plantas, vírus, bactérias, fungos, invertebrados4 e vertebrados5. As lectinas possuem várias aplicações biotecnológicas, incluindo o efeito inseticida que pode estar relacionado à capacidade de interagir com resíduos de N-acetilglicosamina ou com proteínas glicosiladas da matriz peritrófica ao nível do intestino dos insetos, alterando suas propriedades e agredindo a sua integridade6.
Cladódios de Opuntia ficus-indica Mill. (Cactaceae), conhecida popularmente como palma forrageira, são utilizados na medicina popular por apresentar efeito antiulcerogênico, cicatrizante e diurético7. Essa planta também representa uma importante fonte alternativa de alimento para animais8.
Relatos prévios indicaram que os cladódios de O. ficus-indica expressam uma lectina que apresenta atividade inseticida contra cupins da espécie Nasutitermes corniger 6. Aqui nós relatamos os resultados da investigação do extrato de cladódios de O. fícus-indica quanto à atividade larvicida contra A. aegypti e efeito na permeabilidade da matriz peritrófica de larvas.


Palavras-chave: Efeito Do Extrato De Cladódios De Opuntia Fícus-Indica Na Sobrevivência De Larvas De Aedes Aegypti

Free Full-text PDF


How to cite this article:
Vila-Nova I.C, Nascimento J.S, Navarro D.M.F.A, Almeida W.A, Napoleão T.H, Pontual E.V. Efeito Do Extrato De Cladódios De Opuntia Fícus-Indica Na Sobrevivência De Larvas De Aedes Aegypti.Scientific Research and Reviews, 2018, 7:58. DOI: 10.28933/srr-2018-06-2858