Prevalência Da Tentativa De Suicídio Em Adolescentes: Acompanhamento Ambulatorial De Hebiatria Em Recife-PE


Prevalência Da Tentativa De Suicídio Em Adolescentes: Acompanhamento Ambulatorial De Hebiatria Em Recife-PE


Andrade R.M.A¹, Vasconcelos R.P², Konze V.S², Moraes S.R.T4, Souza M.F.M5, Ramos R.C.F6

1,2,3,4Estudantes do Curso de Medicina – Unicap; 5,6Docentes do Curso de Medicina – Unicap


Scientific Research and Reviews

A cada 40 segundos, uma pessoa morre por suicídio no mundo, constituindo-se esse como a segunda principal causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS)¹, o suicídio vem se tornando um problema grave de saúde pública mundial onde há relato de que mais de 800 mil pessoas tiram a própria vida por ano.
A tentativa de suicídio, por sua vez, trata-se de uma soma entre a intenção e a ação, que pode ser fatal ou não2. A OMS demonstra ainda que, mundialmente, para cada suicídio concreto, há de 10 a 20 tentativas, com cerca de 60 mil tentativas diárias para cada três mil suicídios¹, com alta taxa de sequelas deixadas na saúde e a incapacitação física dos indivíduos que não conseguem concretizar o suicídio3.
Nos últimos 45 anos, os números de suicídio aumentaram 60%, de acordo com pesquisas gerais. Essas pesquisas fornecem informações pouco específicas para as faixas etárias, englobando todas em perspectiva mundial. Existe, entretanto, uma preocupação maior com relação a alguns grupos etários, como a adolescência, considerada idade de risco em cerca de um terço dos países tanto desenvolvidos quanto em desenvolvimento4.
A adolescência é um período de “desequilíbrios e instabilidades extremas”, no qual esses indivíduos apresentam uma vulnerabilidade especial para assimilar impactos da família e da sociedade como um todo5. Essas dificuldades são frutos da Síndrome Normal da Adolescência6, que é fisiológica, porém associadas a comportamentos de risco, podem deixar o adolescente vulnerável a ideações, tentativa e o suicídio de fato2. Como fator de risco estão o pouco discernimento ou competência para enfrentar problemas e o desenvolvimento de perturbações mentais – presente em 90% das crianças e adolescentes que realizaram tentativas de suicídio1. Além disso, estima-se que cada suicídio juvenil representa um potencial de 60 anos de vida perdida, havendo impacto maior das tentativas de suicídio não efetivas, consideradas potenciais causadoras de deficiência7.


Palavras-chave: Efeito Do Extrato De Cladódios De Opuntia Fícus-Indica Na Sobrevivência De Larvas De Aedes Aegypti

Free Full-text PDF


How to cite this article:
Andrade R.M.A, Vasconcelos R.P, Konze V.S, Moraes S.R.T, Souza M.F.M, Ramos R.C.F.Prevalência Da Tentativa De Suicídio Em Adolescentes: Acompanhamento Ambulatorial De Hebiatria Em Recife-PE.Scientific Research and Reviews, 2019, 7:59. DOI: 10.28933/srr-2018-06-2859