A Sistematização Da Assistência De Enfermagem Em Usuários Portadores De Doenças Crônicas


A Sistematização Da Assistência De Enfermagem Em Usuários Portadores De Doenças Crônicas


Tavares G.C.C.1; Júnior R.G.S.2; Amorim T.R.C.3; Lima T.M.4; Costa S.L.A.5; Campos J.V.6
1,2,3,4Estudante do Curso de Enfermagem – FAINTVISA; 5Docente/pesquisadora do Departamento de Enfermagem FAINTVISA, 6Docente/pesquisadora do Departamento de Enfermagem FAINTVISA.


Scientific Research and Reviews

Introdução: As doenças crônicas não transmissíveis são multifatoriais e desenvolvem-se no decorrer da vida, são consideradas problema de saúde pública e envolvem atendimento adequado e grande quantidade de recursos materiais e humanos. Nesse contexto, a Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE) é um instrumento que possibilita o planejamento, organização, execução e avaliação das ações de enfermagem. Contudo, faz-se necessário a sua implementação nestas doenças, tendo em vista que sua prevalência é crescente devido à transição epidemiológica. Objetivo: Descrever a importância da implementação da SAE aos portadores de doenças crônicas. Metodologia: Trata-se de revisão de literatura, tendo como bases de dados da pesquisa o SciELO e Lilacs, os descritores utilizados foram: Cuidados de Enfermagem, Doença Crônica, Qualidade da Assistência à Saúde, sem acréscimo de operadores booleanos. Critérios de inclusão da pesquisa: artigos que abordassem a SAE em portadores de doenças crônicas no período de 2011 a 2017. Critérios de exclusão: artigos de caráter comercial, revisões de literatura e que não contemplavam o tema discutido. Resultados e Discussão: Segundo os autores, a SAE torna-se um instrumento eficaz de gestão do cuidado, sendo incorporado também em Unidades Básicas de Saúde proporcionando um acolhimento humanizado, caracterizando-se como um instrumento assistencial com a finalidade de constituir o planejamento do cuidado. Com ela, o Enfermeiro além de buscar evidências científicas e socioculturais, também deve atender às necessidades dos pacientes crônicos na história natural de doença desde a prevenção até a recuperação da saúde, oferecendo um cuidado com efetividade e eficiência. Conclusão: A execução da SAE no contexto das doenças crônicas é indispensável para a qualidade da assistência de enfermagem nos serviços de saúde. Diante da literatura pesquisada observou-se que seguir as etapas da SAE leva a um melhor prognóstico para os pacientes portadores destas doenças, devido à diminuição de iatrogenias e melhores intervenções no cuidado.


Palavras-chave: Cuidados de Enfermagem; Doença Crônica; Qualidade da Assistência á Saúde

Free Full-text PDF


How to cite this article:
Tavares G.C.C. Júnior R.G.S.; Amorim T.R.C.; Lima T.M.4; Costa S.L.A.; Campos J.V.A Sistematização Da Assistência De Enfermagem Em Usuários Portadores De Doenças Crônicas.Scientific Research and Reviews, 2019, 8:68. DOI: 10.28933/srr-2018-06-2868