Análise Da Qualidade De Vida Em Portadores De Artrose De Joelho


Análise Da Qualidade De Vida Em Portadores De Artrose De Joelho


Trindade, G.M.T1, Barros, S.S2, Uchoa, E.P.B.L3, Veiga, P.H.A4

1Estudante do Curso de Fisioterapia – UNICAP; 2Fisioterapeuta formada pela UNICAP 3,4 Docente/Pesquisador do Departamento de Fisioterapia-UNICAP


Scientific Research and Reviews

A artrose é uma doença reumática que afeta principalmente indivíduos com idade superior a 60 anos, sendo mais comum no sexo feminino após os 50 anos. Caracteriza-se por ser uma doença inflamatória degenerativa que afeta as articulações sinoviais1,2,3. “As várias formas de manifestação da artrose foram classificadas em primária e secundária, sendo a primária caracterizada por ter causa desconhecida e a secundária que acontece quando é desencadeada por fatores conhecidos e determinados”4.
Embora sua etiologia seja muito ampla, o joelho se destaca como a articulação mais acometida pela artrose, por sustentar cargas excessivas5. A cartilagem de um joelho saudável é hiperhidratada (conteúdo de água variando de 66 a 80%), com 20-34% de sólidos dos quais, 5-6% são componentes inorgânicos (principalmente hidroxiapatita) e do restante orgânico, 48-62% é formado por colágeno tipo II e 22-38% por proteoglicanas”6. Em um joelho afetado pela artrose ele perde toda essa igualdade de distribuição dos elementos que o compõem, iniciando assim um processo inflamatório pelo fato de haver uma desorganização na cartilagem articular, ocorrendo redução de proteoglicanos e diminuição na produção de colágeno tipo II, levando a uma lesão cartilaginosa7. Com a perca da cartilagem, há ativação osteoblástica, que determina a formação de osteófitos, estes que vão fazer com que a cartilagem fique com aspecto opaco e amarelo e com isso perca sua elasticidade, gerando fortes dores principalmente na articulação patelofemoral ao subir escadas, momento em que estas duas estruturas se tocam7,8.
Essa série de eventos de desgaste da articulação leva a paciente a um quadro clínico de fortes dores, rigidez, edemas, crepitação e diminuição progressiva da função em todos os grupos musculares dessa articulação, fazendo assim que o indivíduo tenha uma diminuição na sua qualidade de vida pelo fato da dor causar um estresse físico e psicológico que desencadeiam inúmeras repercussões nas suas atividades diárias1,3,4,7,9.


Palavras-chave: Análise Da Qualidade De Vida Em Portadores De Artrose De Joelho

Free Full-text PDF


How to cite this article:
Trindade, G.M.T, Barros, S.S, Uchoa, E.P.B.L, Veiga, P.H.A.Análise Da Qualidade De Vida Em Portadores De Artrose De Joelho.Scientific Research and Reviews, 2019, 10:95. DOI: 10.28933/srr-2018-06-2895