Scientific Research and Reviews


A Hidroterapia Na Reabilitação De Pacientes Com Osteoartrose No Joelho: Uma Revisão De Literatura

Review Article of Scientific Research and Reviews A Hidroterapia Na Reabilitação De Pacientes Com Osteoartrose No Joelho: Uma Revisão De Literatura Gonçalves, C. M. ¹; Cabral, T. M. ²; Silva, K. M. G. ³; Nascimento, L. S. G 4 ¹²³ Estudantes do curso de Fisioterapia-UNIBRA; 4 Mestre em Fisioterapia pela UFPE e pesquisadora do laboratório LANA. Introdução: A osteoartrose é uma doença crônico-degenerativa que afeta a cartilagem articular. Seus sinais e sintomas são:rigidez matinal, dor, diminuição de amplitude de movimento na articulação afetada, limitação nas atividades funcionais, deformidade com a formação de osteófitos, tumefação e rigidez articular na movimentação. A hidroterapia é muito utilizada por conta do empuxo, imersão e diminuição da gravidade, que é o diferencial do tratamento. Objetivos: Analisar através de revisões de literatura e estudos de casos a eficácia da hidroterapia nos pacientes com osteoartrose do joelho. Metodologia: A revisão de literatura foi realizada partir de artigos disponíveis nas bases de dadosScielo, Pubmed, Lilacs, Medline em agosto de 2017, selecionando artigos publicados no período de 2012 a 2017. Resultados e Discussão: Inicialmente foram encontrados 55 estudos com a temática proposta, dentre estes, foram excluídos 47 de acordo com os critérios de exclusão. Selecionando 8 artigos, sendo 4 estudos de casos e 4 revisões de literatura. Resultados relatam que a hidroterapia ajuda auxiliando tanto no alívio dos sintomas quanto na execução das atividades da vida diária. Conclusão: Posteriormente aos dados adquiridos, pode-se concluir que o programa de hidroterapia na reabilitação de pacientes portadores de osteoartrose, foi eficaz em relação à diminuição do quadro álgico e aumento na amplitude de movimento dos joelhos. A técnica de exercícios em piscina é um excelente ambiente para reabilitação desses pacientes, devido a força de flutuação diminuira força da gravidade, por conseguinte, diminui a sobrecarga na cartilagem lesada quando imerso até o tórax, minimizando ...

Aplicação Da Sae A Paciente Com Diabetes Mellitus Tipo 2: Estudo De Caso

Research Article of Scientific Research and Reviews EDUCAÇÃO EM SAÚDE: OFICINAS EM SAÚDE DO HOMEM NA ZONA DA MATA NORTE DE PERNAMBUCO Medeiros K.S.1; Faustino M.C.O.2; Santos G.E.3; Lima M.R.F.N.4; Torres A.L.5 1, 2, 3, 4Estudantes de Enfermagem – UFPE, 5Enfermeira/Docente – UFPE Introdução: O Diabetes Mellitus tipo 2 (DM2) é a forma verificada em 90 a 95% dos casos e caracteriza-se por defeitos na ação e secreção da insulina e na regulação da produção hepática de glicose. A resistência à insulina e o defeito na função das células beta estão presentes precocemente na fase pré-clínica da doença. Objetivo: Aplicar a Sistematização da Assistência de Enfermagem a um paciente com DM2. Metodologia: Realizado em visita domiciliar, com a Equipe Estratégia de Saúde da família do município de Timbaúba – PE, no mês de agosto de 2017. Utilizou-se dados do prontuário, exame físico, revisão de literatura e entrevista. Resultados e Discussão: NANDA - Integridade da pele prejudicada relacionado a ferimento em membro inferior esquerdo evidenciado por dor e perda de continuidade da pele após desbridamento. NOC – Terá cicatrização no tempo oportuno da ferida sem complicações. NIC – Verificar se há debilidade geral, associadas á doença crônica. NANDA – Risco de Quedas relacionado à déficit visual e dificuldade para deambular. NOC - Verbalizará que compreende os fatores de risco pessoais que contribuem para o risco de sofrer quedas. NIC – Avaliar o estado de saúde geral do indivíduo, atentando para fatores que possam comprometer a segurança, inclusive os distúrbios crônicos. Conclusão: Após esse estudo assegurou-se ainda mais que o uso da SAE atrelada ao processo de enfermagem pode ser aplicada nas diversas áreas de atuação do enfermeiro. Assim, concretizando o cuidado de enfermagem, através de bases científicas e dando mais credibilidade e autonomia ao profissional, além de desenvolver um trabalho mais criterioso ...

Suplementação De Vitamina A No Estado De Pernambuco -Cobertura Em 2015 E 2016

Research Article of Scientific Research and Reviews Suplementação De Vitamina A No Estado De Pernambuco -Cobertura Em 2015 E 2016 Nascimento D.F.R.1; Anjos A.M.2; Lima G.G.V.3; Lins I.R. 4; Costa M.P.5; Souza I.A.6 1,2,3,4,5Residentes em Saúde Coletiva com Ênfase em Gestão de Redes de Atenção à Saúde – ESPPE; 6Enfermeira, vinculada a ESPPE. Introdução: O Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A foi instituído em 2005 pelo Ministério da Saúde com o objetivo de reduzir e controlar a deficiência nutricional de Vitamina A em crianças de 06 a 59 meses de idade e puérperas no pós-parto imediato. Objetivo: Descrever a cobertura da suplementação de Vitamina A em uma região do Estado de Pernambuco no período de 2015 e 2016. Metodologia: Foi realizado um estudo descritivo com a cobertura da suplementação de Vitamina A no período de 2015 e 2016 na XII Regional de Saúde do estado de Pernambuco que compreende ao todo, 10 municípios. Os dados são de origem secundária e foram obtidos através da base de dados eletrônica do Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A. Foram coletados no período de fevereiro de 2017. Para análise, foi utilizado o programa Excel 2007 Microsoft ®. Resultados e Discussão: Na faixa etária de 06 a 11 meses, o município de Itaquitinga que em 2015 apresentou 153,69% de cobertura, em 2016 decaiu e apresentou 42,70%. Esse quadro de involução no padrão de cobertura também foi observado em outros municípios. Na faixa etária de 12 a 59 deve-se destacar a cobertura para a segunda dose da Vitamina A no ano de 2015 apresentou média de 110% e no ano de 2016 apresentou 10% de cobertura destacando que três municípios de regional apresentaram zero de cobertura. Nas puérperas, no ano de 2015 a média de cobertura entre os 10 municípios foi de 28,60% e no ...

EDUCAÇÃO EM SAÚDE: OFICINAS EM SAÚDE DO HOMEM NA ZONA DA MATA NORTE DE PERNAMBUCO

Review Article of Scientific Research and Reviews EDUCAÇÃO EM SAÚDE: OFICINAS EM SAÚDE DO HOMEM NA ZONA DA MATA NORTE DE PERNAMBUCO Nascimento D.F.R.1; Anjos A.M.2; Anjos A.M.3; Lima G.G.V.4; Souza I.A.5; Costa M.P.6 1,2,3,4,5Residentes em Saúde Coletiva com Ênfase em Gestão de Redes de Atenção à Saúde – ESPPE; 6Enfermeira, vinculada a ESPPE. Introdução: A Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem foi criada em 2009, com a finalidade de qualificar a saúde da população masculina na perspectiva de linhas de cuidado que resguardem a integralidade da atenção. Objetivo: Diante dessa perspectiva, a finalidade do presente trabalho será relatar a experiência em educação em saúde como facilitadores de oficinas em saúde do homem na Zona da Mata Norte de Pernambuco. Metodologia: Esse estudo trata-se de um relato de experiência, de um grupo de residentes em Saúde Coletiva, na facilitação das oficinas de implantação do Guia de Saúde do Homem para Agentes Comunitários de Saúde, que foram realizadas nos 10 municípios que compõem a XII Gerência Regional de Saúde, no mês de novembro de 2016. Resultados e Discussão: Segundo o Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde, a XII Gerência Regional de Saúde apresenta 614 Agentes Comunitários de Saúde, porém participaram das oficinas 317 (52%). As oficinas foram idealizadas de maneira que fosse possível aproveitar o conhecimento advindo das vivências cotidianas dos participantes em seus territórios, a respeito do público masculino. Foram utilizadas dinâmicas de grupo, apresentada a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem e, posteriormente houve a apresentação expositiva com exemplos da realidade, com vídeos e gravuras, para que pudessem fomentar a utilização do Guia de Saúde do homem. Ao término de cada oficina, foi lançada uma proposta aos municípios, que os mesmos fizessem ações focais em seus territórios que remetessem a um acolhimento melhor desse ...

Dr. Prakash Goudanavar
Professor and Head, Department of Pharmaceutics, Sri Adichunchanagiri College of Pharmacy

Dr. Alfred DACI
Polytechnic University of Tirana, Mathematical and Physical Engineering Faculty

Dr. Mehmet Fatih Karaaslan
Statistics Department, Yildiz Technical University, Turkey

Dr Sherif A. Younis
Analysis and Evaluation Department, Egyptian Petroleum Research Institute (EPRI)

Dr. Saroj Kumar Ghosh
Department of Zoology, Bejoy Narayan Mahavidyalaya

Dr. Rahul Singh
DIVISION OF PATHOLOGY , ICAR- Indian Veterinary Research Institute

Dr. Srikanth Boinapally
Department of Radiology, School of Medicine, JHU

Assist. Prof. Ihsan Habib Dakhil
Assistant Professor, Chemical Engineering Department, Engineering College, Al Muthanna University

Dr. MUNISH KUMAR SHARMA
Senior Research & Development Engineer (New Materials Development), Honeywell UOP, India Technology Centre

Dr Prem Kumar Seelam
Environmental and Chemical Engineering Research Group, Faculty of Technology, P.O. Box 4300, 90014 University of Oulu, Finland

Dr. Eng. Hamid Ali Abed AL-Asadi
Department of Computer Science, Faculty of Education for Pure Science, Basra University

Dr. M. Kenan Dosoglu
Duzce University, Technology Faculty, Electrical-Electronics Engineering, Duzce, Turkey

Manuscript Title: The title should be a brief phrase.

Author Information: List full names and affiliation of all authors, including Emails and phone numbers of corresponding author.

Abstract: The abstract should be less than 500 words. Following abstract, a list of keywords and abbreviations should be added. The keywords should be no more than 10. Abbreviation are only used for non standard and long terms.

Introduction: The introduction should included a clear statement of current problems.

Materials and Methods: This section should be clearly described.

Results and discussion: Authors may put results and discussion into a single section or show them separately.

Acknowledgement: This section includes a brief acknowledgment of people, grant details, funds

References: References should be listed in a numbered citation order at the end of the manuscript. DOIs and links to referenced articles should be added if available. Abstracts and talks for conferences or papers not yet accepted should not be cited. Examples Published Papers: 

1. Avinaba Mukherjee, Sourav Sikdar, Anisur Rahman Khuda-Bukhsh. Evaluation of ameliorative potential of isolated flavonol fractions from Thuja occidentalis in lung cancer cells and in Benzo(a) pyrene induced lung toxicity in mice. International Journal of Traditional and Complementary Medicine, 2016; 1(1): 0001-0013. 
2. Vikas Gupta, Parveen Bansal, Junaid Niazi, Kamlesh Kohli, Pankaj Ghaiye. Anti-anxiety Activity of Citrus paradisi var. duncan Extracts in Swiss Albino Mice-A Preclinical Study. Journal of Herbal Medicine Research, 2016; 1(1): 0001-0006.

Tables and figures: Tables should be used at a minimum with a short descriptive title. The preferred file formats for Figures/Graphics are GIF, TIFF, JPEG or PowerPoint.

Publication fee: The authors will be contacted about the publication fee after a manuscript have been accepted.

Proofreading and Publication: A proof will be sent to the corresponding author before publication. Authors should carefully read the proof to avoid any errors and return the proof to the editorial office. Editorial office will publish the article shortly and send a notice to authors with the links of the paper.

Open Access

Scientific Research and Reviews is a peer reviewed open access journal publishing research manuscripts, review articles, editorials, letters to the editor in Scientific Research and Reviews  (Indexing details).

Peer Review

To ensure the quality of the publications, all submitted manuscripts will be peer-reviewed by invited experts in the field. The decisions of editors will be made based on the comments of the reviewers.

Rapid Publication

Time to first decision: within 2 days for initial decision without review, 18 days with review; Time to publication: Accepted articles will be published online within 2 days, and final corrected versions by authors will be accessible within 5 days.  More details....

Rapid Response Team

Please feel free to contact our rapid response team if you have any questions. Our customer representative will answer your questions shortly.

Scientific Research and Reviews

Upload

Note: Please compress all documents (manuscript, cover letter et al.,. ) into one .Zip file and then upload the Zip file.