The Elderly, Carriers of Dementia Syndromes and Dental Care


The Elderly, Carriers of Dementia Syndromes and Dental Care


Berta Luíza Gabriela Moreno¹, Cinthia Natali Pontes dos Santos2, Andreza de Oliveira Melo2, Maria Tereza Nascimento Filgueiras Andrade2, Nathalia Patrícia Almeida Santos3, Aurora Karla de Lacerda Vidal4

1Dental Surgeon, Dental Expert Witness, Home Dental Care; 2Dental Surgeon, Resident of the Multiprofessional Integrated Residency Program in Family Health (RMISF/FCM/UPE); 3Nurse, Resident of the Multiprofessional Integrated Residency Program in Family Health (RMISF/FCM/UPE); 4Dental Surgeon, Oral Pathologist, Doctor in Collective Health, Adjunct Professor of the General Pathological Processes Subject of the Institute of Biological Sciences of the University of Pernambuco – ICB/UPE, Head of the Dentistry Service of the Oncology Center of the Oswaldo Cruz University Hospital (CEON/HUO/UPE), Coordinator of the Residency Program in Hospital Dentistry with emphasis on Oncology, University of Pernambuco – ICB/HUOC/UPE, Tutor of the Dentistry Center of the Integrated Multidisciplinary Residency in Family Health, School of Medical Sciences, University of Pernambuco (RMISF/FCM/UPE).


international journal of aging research

The demographic and epidemiological transition resulting from declining birth rates, increased economically active population, decreased infectious diseases and increased chronic degenerative diseases produce a population scenario with a high number of elderly individuals, prone to developing dementia, whose prevalence is directly related to increasing age. Dementia is progressive and characterized by the loss of self-care ability and ability to perform activities of daily living, including the difficulty to perform oral hygiene and accept dental treatment, thus resulting in decreased oral health. Thus, it is necessary to know and think about oral care to increase the quality of life of this population through actions of health promotion, prevention and recovery with the accomplishment of home and hospital dental procedures, besides the traditional service, at a dental office.


Keywords: Aging, Dementia, Oral health.


Free Full-text PDF


How to cite this article:
Berta Luíza Gabriela Moreno, Cinthia Natali Pontes dos Santos, Andreza de Oliveira Melo, Maria Tereza Nascimento Filgueiras Andrade, Nathalia Patrícia Almeida Santos3, Aurora Karla de Lacerda Vidal. The Elderly, Carriers of Dementia Syndromes and Dental Care. International Journal of Aging Research, 2020, 3:66. DOI: 10.28933/ijoar-2020-05-1005


References:

1. CANINEU PR. Demências: características clínicas gerais. 3ª ed. Riode Janeiro: Instituto de Pesquisa GERP;2003.v.1.
2. RAUTH J, RODRIGUES N. Os desafios do envelhecimento no Brasil. In: Freitas EV, Py L, NériAL, Cançado FAX, Gorzoni ML, Rocha SM, organizadores. Tratado de geriatria e gerontologia. Riode Janeiro: GuanabaraKoogan; 2006.
3. SALES, M. V. G.; FERNANDES NETO, J. A.; CATÃO, M. H. C. DE V. Condições de saúde bucal do idoso no Brasil: uma revisão de literatura, Ciência e Saúde Coletiva. 2017. p. 120-124.
4. SANTOS, F. B.; MORAIS, M. B.; BARBOSA, A. S.; SAMPAIO, F. C.; FORTE, F. D. S. Autopercepção em saúde bucal de idosos em unidades de saúde da família do Distrito Sanitário III de João Pessoa- PB. In: Arquivos em Odontologia, 2007. p. 23-32.
5. MIRANDA, A. F.; RODRIGUES, J. S.; FRANCO, E. J. A Necessidade da Odontologia Domiciliar e Cuidados Bucais em Idosos Dependentes. Revista Ciências e Odontologia, 2018. p. 33-38
6. VACCAREZZA, G. F.; FUGA, R. L.; FERREIRA, S. R. P. Saúde bucal e qualidade de vida dos idosos. Rev Odontol Univ São Paulo, 2010. p. 134-137.
7. ALBENY, A. L.; SANTOS, D. B. Doenças Bucais que mais acometem o Paciente na Terceira Idade: Uma Revisão de Literatura. Id on Line Rev. Mult. Psic., 2018. p. 681-694.
8. BURLÁ C, CAMARANO AA, KANSO S, FERNANDES D, NUNES R. Panorama prospectivo das demências no Brasil: um enfoque demográfico. Rev Ciência & Saúde Coletiva, 2013. 18(10):294-298.
9. VARJÃO FM. Assistência odontológica para p paciente portador da doença de Alzheimer. Rev Odonto Ciência Fac. Odonto/PUCRS, 2006, 21(53) 284-288. 6.
10. FISKE J, FRENKEL H, GRIFFITHS J, JONES V BRITISH. Oral health of people with dementia Gerodontology. Society of Gerodontology; British Society for Disability and Oral Health. 2006. 23 (Suppl. 1): 3–32.
11. AMERICAN PSYCHIATRIC ASSOCIATION. Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders. Fifth edition. Arlington, VA: American Psychiatric Association; 2013
12. SPEZZIA, S. Demência e saúde bucal. Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba,v.17,n.4,p.175-178,2015.
13. FREITAS EV, PY L, CANÇADO FAX, GORZONI ML, organizadores. Tratado de geriatria e gerontologia. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2003.
14. KOCAELLI H, YALTIRIK M, YARGIC LI, OZBAS H. Alzheimer’s disease and dental management. Oral Surg Oral Med Oral Pathol Oral Radiol Endod. 2002;93(5):521-4.
15. FRIEDLANDER AH, NORMAN DC, MAHLER ME, NORMAN KM, YAGIELA JA. Alzheimer’s disease: psychopathology, medical management and dental implications. JADA. 2006;137(9):1240-51
16. PRÍNCIPE M, BRYCE R, ALBANÊS E, WIMO A, RIBEIRO W, FERRI CP. A prevalência global de demência: uma revisão sistemática e metanálise. Alzheimers Dement. 2013; 9 : 63-75.
17. MENG X, D’ARCY C. Educação e demência no contexto da hipótese da reserva cognitiva: uma revisão sistemática com meta-análises e análises qualitativas. PloS Um. 2012; 7 (6): e38268.
18. ANTTILA T, EL HELKALA, VIITANEN M, et al. Álcool na meia-idade e subseqüente risco de déficit cognitivo leve e demência na velhice: um estudo prospectivo de base populacional. BMJ. 2004; 329 (7465): 539.
19. LOURIDA I, SONI M. THOMPSON-COON J, et al. Dieta mediterrânea, função cognitiva e demência: uma revisão sistemática. Epidemiologia. 2013; 24 (4): 479-489
20. CROOKS VC, LUBBEN J., PETITTI DB, LITTLE D, CHIU V. Rede social, função cognitiva e incidência de demência entre mulheres idosas. Sou J Saúde Pública. 2008; 98 (7): 1221–1227.
21. RIBEIRO, K. A.; DANTAS, E. L.; BARBOSA, R. S.; LEITE, A. C. E.; FRANCO, E. J.; MONTENEGRO, F. L. B.; MIRANDA, A. F. Saúde bucal no envelhecimento: aspectos periodontais e breves considerações clínicas. Revista Portal de Divulgação, 2016. p. 32-40.
22. CÔRTE-REAL, I. S.; FIGUEIRAL, M. H.; CAMPOS, J. C. R. As doenças orais no idoso – Considerações gerais. Rev Port Estomatol Med Dent Cir Maxilofac, 2011. p. 175-180.
23. KIMURA, C.; FONSECA, G. A. A relevância dos cuidados com a gengiva na prevenção de agravos de saúde em idosos. Revista portal de divulgação, 2010. p. 5-10.
24. SILVA, E. T.; OLIVEIRA, R. T.; LELES, C. R. Fatores associados ao edentulismo funcional em idosos brasileiros. Com. Ciências Saúde, 2016. p. 129-138.
25. CALDAS JÚNIOR, A. F.; CALDAS, . U.; OLIVEIRA, M. R. M.; AMORIM, A. A.; BARROS, P. M. F. O impacto do edentulismo na qualidade de vida de idosos. Ver. Ciênc. Méd., Campinas, 2005. p. 229-238.
26. CATÃO, M. H. C. V.; XAVIER, A. F. C.; PINTO, T. C. A. O impacto das alterações do sistema estomatognático na nutrição do idoso. Rev Bras de Ciên da Saúd, 2011. p. 73-78.
27. SILVA, H. P. R.; KOPPE, B.; BREW, M. C.; SÓRIA, G. S.; BAVARESCO, C. S. Abordagem das afecções bucais mais prevalentes em idosos: uma revisão integrativa com foco na atenção primária. Ver. Bras. Geriatr. Gerontol. Rio de Janeiro, 2017. p. 432-443.
28. VIDAL, AKL; XIMENES, LM. Câncer de Boca. In: Queiroz Marques, CLT; Barreto, CL; Mais VLL, Lima Júnior, NF. Oncologia uma abordagem multidisciplinar. Recife. Ed Carpe Diem, 2015; 291-309.
29. VIDAL, AKL; ANDRADE, ESS; MACÊDO, TS; MELO, MCF; MATOS, FCM; MELO JÚNIOR, BC; SILVA NETO, SV. Mouth Cancer Control Program in the State of Pernambuco, Brazil. Oral Cancer, 2018. Doi.org/10.1007/s41548-018-0014
30. SALIBA CA, SALIBA NA, MARCELINO G, MOIMAZ SAS. Saúde bucal dos idosos: uma realidade ignorada. Revista da APCD v. 53 n. 4, p. 279-282. Jul/ Ago. 1999.
31. REZENDE, C. P. DE; DIAS, M. D. O.; DENARDIN, O. V. P.; RAPOPORT, A.; CARVALHO NETO, P. B.; BESERRA JÚNIOR, I. M. Mudança do paradigma da saúde bucal em pacientes com câncer de boca e orofaringe. Revista Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço v. 36 n. 1, p. 19–22, 2007.
32. REZENDE, C. P; DE BARBOZA, M. R.; DAGUÍLA, C. H.; DEVITIS, R. A.; RAPOPORT, A. Alterações da saúde bucal em portadores de câncer da boca e orofaringe. Revista Brasileira de Otorrinolaringologia, v. 74 n.4, p. 596–600, 2008.
33. GALLUCI-NETO J, TAMELINI MG, FORLENZA OV. Diagnóstico diferencial das demências. Rev Psiquiatr Clin. 2005;32(3):119-30
34. CARAMELLI P, BARBOSA MT. Como diagnosticar as quatro causas mais frequentes de demência? Rev Bras Psiquiatr. 2002;24(Supl 1):07-10
35. ZULUAGA DJM. Manejo odontológico de pacientes com demências. Rev Fed Odontol Colomb. 2002;(203):28-39.
36. ADAM H, Preston AJ. The oral health of individuals with dementia in nursing homes. Gerodontology. 2006;23(2):99- 105.
37. ROSENDO, R. A.; SOUSA, J. N. L.; ABRANTES, J. G. S.; CAVALCANTE, A. B. P.; FERREIRA, A. K. T. F. Autopercepção de saúde bucal e seu impacto na qualidade de vida em idosos: uma revisão de literatura. RSC online, 2017. p. 89-102.
38. FERNANDES-COSTA, A. N.; VASCONCELOS, M. G.; QUEIROZ, L. M.G.; BARBOZA, C. A. G.; VASCONCELOS, R. G. As Principais Modificações Orais que ocorrem durante o Envelhecimento. Rev Brasileira de Ciências da Saúde, 2013. p. 293-300.