BREASTFEEDING AND HEALTH EDUCATION


BREASTFEEDING AND HEALTH EDUCATION


Lemos N.D.C.B1; Monteiro J.P.A2; Anjos F.B.R3

1Estudante do Curso de Medicina – UFPE; 2Estudante do Curso de Medicina – UPE, 3Docente/Pesquisador do Departamento de Histologia e Embriologia – UFPE.


International Research Journal of Obstetrics and Gynecology

Breastfeeding is internationally promoted as the ideal method of infant nutrition due to its numerous benefits to mothers, children, and communities. To enlighten the benefits of breastfeeding and to investigate the influence of breastfeeding preparation and techniques on the frequencies of exclusive breastfeeding. This systematic literature review was built from a bibliography research of scientific papers, publications and materials available on the Internet in English and Portuguese. From this research, four essential themes were identified: benefits of breastfeeding, clinical management of breastfeeding, breastfeeding preparation and techniques, pain and discomfort in the practice of breastfeeding and nipple trauma. In the end, it was possible to notice that counseling sections with the mother throughout the pregnancy and after giving birth are fundamental to the effectiveness and exclusivity of breastfeeding.


Keywords: Breastfeeding; Infant Care; Health education; Health promotion; Lactation Disorders.

Free Full-text PDF


How to cite this article:
Lemos N.D.C.B; Monteiro J.P.A; Anjos F.B.R.BREASTFEEDING AND HEALTH EDUCATION. International Research Journal of Obstetrics and Gynecology, 2019, 2:20.


References

1. ANA et al. O manejo clínico da amamentação: saberes dos enfermeiros. Escola Anna Nery – Revista de Enfermagem, v.19, n.3, p.439-445, 2015.
2. Ying et al. Maternal, infant characteristics, breastfeeding techniques, and initiation: Structural equation modeling approaches. PLOS ONE, v.10, n.11, 2015.
3. ANTONIA et al. Amamentação em prematuros: caracterização do binômio mãe-filho e autoeficácia materna. Revista Brasileira em Promoção da Saúde, v.28, n.1, p.32-43, 2015.
4. ENILDA et al. Influência da técnica de amamentação nas frequências de aleitamento materno exclusivo e lesões mamilares no primeiro mês de lactação. Jornal de Pediatria, v.81, n.4, p.310-316, 2005.
5. MARISTELA et al. Uso de mamadeira no primeiro mês de vida: determinantes e influência na técnica de amamentação. Revista Saúde Pública, v.42, n.4, p.607-614, 2008.
6. MAHMI FUJIMORI. Aleitamento materno: saberes e práticas na atenção básica à saúde em dois municípios do sudoeste mato-grossense. Dissertação – Programa de Pós-Graduação de Nutrição em Saúde Pública – Universidade de São Paulo, v.1, p.1-64, 2012.
7. ANDREA et al. Evidências das intervenções na prevenção do trauma mamilar na amamentação: revisão integrativa. Revista Eletronica de Enfermagem, v.15, n.3, p.790-801, 2013.
8. ALCIMARA et al. A dor e desconforto na prática do aleitamento materno.
Cogitare Enfermagem, v.19, n.1, p.136-140, 2014.
9. GISELLE et al. Avaliação do conhecimento de gestantes acerca da amamentação. Revista Mineira de Enfermagem, v.12, n.4, p.461-468, 2008.
10. LUCIANA DIAS DE OLIVEIRA. Efeito de intervenção para melhorar a técnica de amamentação nas frequências de aleitamento materno exclusivo e problemas decorrentes da lactação. Dissertação – Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas: Pediatria – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, v.1, p.1-74, 2004.
11. BRANDÃO et al. The characterization of communication in breastfeeding counseling. Revista Eletronica de Enfermagem, v.14, n.2, p.355-365, 2012. ISADORA et al. Técnica da amamentação: preparo das nutrizes atendidas em um hospital escola, Recife-PE. Revista da Rede de Enfermagem do Nordeste, v.12, p.1021-1027, 2011.