International Congress 2018

  • Prevalence of Ovine Haemonchosis and Associated Risk Factors in Jimma Municipal Abattoir

    Haemonchus contortus is a blood sucking nematode parasite of sheep all over the tropics and subtropics which causes retarded growth, lower productivity and even mortality in young animals. A cross sectional study was conducted from April, 2018 to May, 2018 in sheep slaughtered at Jimma municipal abattoir in Jimma town conducted using purposive. Purposively, sheep were selected during ante-mortem examination and the necessary information was recorded in data collection format. In the present study, a total of 384 sheep (217 males and 167 females) were slaughtered at the Jimma municipal abattoir and inspected for the presence or absence of the parasite. Accordingly, the findings of this study revealed that an overall prevalence of 33.1% was recorded. High prevalence of disease occur in poor body condition score 117/245(47.8) and low prevalence occur in good body condition score 10/139 (7.2%) and there was statistically significant differences (P= 0.000) between body condition scores. Among the male and female slaughtered sheep, 70 (32.3%) and 57 (34.2%) were found to be positive for H. contortus, respectively; and shows no statistical significant difference (P >0.05) between sex. Based on age group, prevalence of haemonchosis was 57 (30.5%) and 70 (35.5 %), in young and adult, respectively. The result from the present study indicated that there was no statistical significance (P > 0.05) among age groups. There is no statistical significance difference (P > 0.05) between urban and rural origin of sheep. In the present study, moderate prevalence of H. contortus was observed in sheep during the study period. Therefore, strategic prevention and control measures should be implemented to decrease the burden of the parasitic infection so as to enhance productivity of sheep in the study area.

  • The Mystery of Patient Behavior

    Patient behavior is often described as disruptive behavior as they have an altered mental stage of fear of being sick, anxious about out of the pocket cost, alteration of lifestyle if suffered from a chronic illness. And the outcomes often faced by providers are inappropriate language, make unreasonable demands, and may even resort to physical abuse. The article comprises a few of this unusual behavior and a simple comparison between patients from developed world with those of the under-developed east. Purpose of the study: Discussion and projection of behavior pattern, health seeking behavior and monitoring status in both developed and under-privileged countries. The pharmacists have a vital role to play which is discussed along with comparison. Findings: Developed or under developed country, patients have a separate behavior pattern which develops and worsen with disease progression mostly. So many factors are behind but one thing clearly understood that the handling of such situation is a provider’s function, a challenge they have to face along with treatment intervention. Research Limitations: Very few articles found in matters regarding along with a very less interest paid by general people to talk about healthcare matters. It was very difficult to bring out facts of irrational patient behavior, giving it a substantial figure to discuss in this article. However, the major limitation is the article could be a comparison of behaviors of developed and under-privileged countries which requires an enormous exposure and financial support. However, the sole focus was to detail mysterious patient behavior and a greater part is covered. Practical Implication: The soul of this article was to detail about patient behavior, both in Bangladesh and developed countries. Along with students, researchers and professionals of different background and disciplines, eg. Pharmacists, marketers, doctors, nurses, hospital authorities, public representatives, policy makers and regulatory authorities have to…

  • A Preliminary Study of the Role of University Library in the Age of Fragmented Reading

    In China, the development and the wide usage of mobile Internet and intelligent terminal devices have exerted a huge impact on people’s reading patterns. Reading has entered the “Fragmentation Era”, and “Fragmented Reading” has become the major pattern of reading.This paper expounds the advantages and disadvantages of fragmented reading and the influence of the major trend of fragmented reading on college students’ reading and what role should university library play and what reading service should it provide in the age of fragmented reading.

  • Nursing to the patient with chronic obstructive pulmonary disease

    Introduction: Chronic Obstructive Pulmonary Disease (COPD) is a chronic and progressive disease. Objectives: To verify the nursing behavior in patients with COPD in the literature Methodology: Integrative review of the literature in the Latin American Literature in Health Sciences (LILACS), Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (MEDLINE) and Scientific Electronic Library Online (SCIELO). We included studies referring to the conduct of nursing to the patient with chronic obstructive pulmonary disease, published in national and international journals. Results and Discussion: After crossing the descriptors, 392 articles were identified in the different databases, of which 12 were repeated, 262 were rejected by the title, due to the fact that they were not performed in a hospital environment or because they were related to other disciplines. Of the remaining articles, 68 articles were rejected by reading the abstract and 44 articles were rejected by the full reading. These articles were rejected because they were not: randomized clinical trials, quasi-experimental studies, systematic reviews of the literature or meta-analysis study. In summary, 6 articles were included in the final analysis of the sample. Conclusion: It is verified that for the control of the disease it is essential to develop the patient’s capacity for self-care.

  • Feelings Faced By Caregivers Of Children With Cancer Of A University Hospital

    Introduction: Cancer is a disease where cell proliferation occurs abnormally, ignoring signs of growth regulation. The child with cancer needs the help of the caregiver, their greatest support. Objective: to unveil the feelings faced by caregivers of children with cancer at a University Hospital. Methodology: descriptive, exploratory, qualitative study, carried out at the Pediatric Oncology Center of the Oswaldo Cruz University Hospital in Recife / PE. The population was constituted by the main caregivers of hospitalized children with cancer. Survey conducted in June 2017, through an interview, with a population of 10 caregivers. The data were submitted to Bardin content analysis. Results and Discussion: as results, four thematic categories emerged: Caregiver perception about Cancer; Family relations in the context of the disease; Changes faced after the discovery of the diagnosis; Feelings in the context of the disease. The caregiver’s understanding and understanding of the illness allows him to optimize his suffering and encourages him to face the obstacles encountered during treatment. Conclusion: caregivers experience a long process of diagnosis at the end of treatment. They present feelings that blend between guilt, fear, sadness, exhaustion, hope, faith and tranquility.

  • Estudo Eletroencefalográfico De Indivíduos Com Dor Crônica Decorrente Da Fibromialgia: Uma Revisão Da Literatura

    A fibromialgia (FM) é uma condição em que há presença de dor crônica, caracterizada por fadiga, distúrbios do sono e sintomas cognitivos, como ansiedade e depressão1. Dentre esse quadro clínico, destaca-se a dor crônica, como característica mais marcante, podendo levar a incapacidades laborais e declínio na qualidade de vida. A fisiopatologia da FM ainda é desconhecida, mas acredita-se que existe uma alteração no mecanismo central de controle da dor, o qual poderia resultar de uma disfunção dos neurotransmissores2. Assim, essa disfunção acarretaria uma deficiência no sistema de neurotransmissores inibitórios em níveis espinhais ou supraespinhais (serotonina, encefalina e noradrenalina), ou uma hiperatividade de neurotransmissores excitatórios (substância P, glutamato e bradicinina)3. Através da análise dos registros do eletroencefalograma (EEG), pode-se observar nas áreas envolvidas no processamento da dor, uma hiperexcitabilidade representando um mecanismo importante na manutenção deste sintoma na FM1. Nesse contexto, alterações no EEG têm sido relacionadas a um biomarcador fisiológico em síndromes dolorosas distintas. Achados de perfis electroencefalográficos de grupos populacionais com dor crônica estão sendo avaliados com o intuito de elucidar a fisiopatologia da dor e promover a avaliação e monitoramento do tratamento da dor1. Embora alguns estudos envolvendo o uso do EEG para avaliação da dor crônica tenham mostrado que existem algumas características semelhantes entre indivíduos que sofrem de diversas síndromes dolorosas, os dados permanecem inconclusivos1. Nesse sentido, o presente artigo objetivou investigar os principais achados eletroencefalográficos, na literatura especializada, em indivíduos com FM no tocante: (a) à utilização do EEG na FM, (b) aos principais protocolos de utilização do EEG na FM, e (c) aos principais achados eletroencefalográficos na FM.

  • Reabilitação E Tratamento De Pacientes Com Síndrome De Treacher Collins

    A Síndrome de Treacher Collins, ou disostose mandibulofacial, é um distúrbio autossômico dominante em que o indivíduo não tem o desenvolvimento de alguns ossos e tecidos da face1,2,3,4,5. Considerada uma síndrome rara, afeta, aproximadamente um em cada 40.000 pessoas sem preferência de cor, raça ou gênero6,7. A probabilidade de uma criança herdar é de 50% caso um de seus progenitores já possua a síndrome1,2,5. Ocorre durante a sétima semana da gestação e é caracterizado por deformação dos dois primeiros arcos branquiais, perda parcial ou total da audição, fissura das pálpebras (com inclinação antimongolóide) e do palato, hipoplasia das eminências malares e zigomáticas, ausência dos cílios, micrognatia. Problemas de respiração e deglutição também são associados a esta falha genética2,3,4,5,6,7. A necessidade de aprimorar conhecimentos sobre a Síndrome de Treacher Collins é notável, visando melhorar as condições vitais para o paciente7. Diversos profissionais de diferentes especializações, tais como cirurgiões plásticos, cirurgiões dentistas, fisioterapeutas, psicólogos, neurologistas, atuam no recurso terapêutico do indivíduo4,6,79,10,8,. Motivou-se a pesquisa para o desenvolvimento da informação sobre a síndrome, os tratamentos realizados e a maneira em que acontece a reabilitação.

  • Manifestações Bucais De Pacientes Com Artrite Reumatóide

    A artrite reumatoide é uma doença sistêmica caracterizada como progressiva e autoimune, que afeta a qualidade de vida de seus os portadores diminuindo sua autonomia. Escovar os dentes é para a maioria, uma tarefa dolorosa, razão por que a saúde bucal do paciente é geralmente renegada¹. Nada obstante a ausência de estudos conclusivos a respeito de manifestações orofaciais em pacientes acometidos de artrite reumatoide, resta claro que as patologias orais têm uma maior incidência em indivíduos diagnosticados com a doença sistêmica (AR). A maioria dos pacientes, ao longo do curso da doença, irão acarretar disfunções temporomandibulares. As anormalidades na articulação temporomandibular (ATM) com envolvimento reumático variam consideravelmente desde pequenas erosões na cortical a severas destruições ósseas com remodelação e anquilose². Além disso, a artrite reumatoide também pode ser observada em pacientes com a Síndrome de Sjögren. Estudos feitos na Espanha descobriram que pacientes com duração de AR acima de 10 anos tinha uma prevalência de Síndrome de Sjögren secundária de 17%³. A doença periodontal pode acometer pacientes com artrite reumatoide, entretanto há controvérsias em virtude da relação entre a doença periodontal e a doença sistêmica. Em um estudo feito com 147 pacientes com AR foi constatado que 56,5% também apresentavam DP. Não houve associação entre a presença da DP e os índices clínicos ou laboratoriais de atividade da AR avaliados4. O objetivo do presente estudo visa ressaltar as características da doença sistêmica e das manifestações orais de pacientes com artrite reumatoide, bem como uma forma de evidenciar a relação entre artrite reumatoide e os principais problemas orofaciais acometidos.

  • Assistência De Enfermagem A Idoso Vítima De Fratura De Fêmur: Um Relato De Experiência

    A Organização Mundial da Saúde (OMS) define pessoa idosa como aquela de 60 anos de idade ou mais. Segundo a OMS houve um aumento considerável da população com mais de 60 anos de idade nas últimas décadas e de acordo com suas projeções esta é uma tendência que continuará durante os próximos anos, acredita-se que no ano de 2025 haja mais de 800 milhões de pessoas com idade superior a 65 anos em todo mundo. Dados da Organização das Nações Unidas direcionam que no ano de 2025 haverá 1100 bilhões de idosos e que no ano de 2050 em todo o mundo o número de idosos superará o número de crianças e adolescentes1. Este fenômeno do envelhecimento ocorreu juntamente com o processo de transição epidemiológica, por volta da segunda metade do século XX, no qual o conjunto de causas de morte formado por doenças infecciosas, respiratórias e parasitárias começou a perder importância frente a outras doenças relacionadas como a degeneração do organismo por meio do envelhecimento e por causas externas2. A diminuição da mortalidade por doenças infecto contagiosas e, consequentemente, o aumento da expectativa de vida dos brasileiros, deve-se ao aumento da renda, da escolaridade e da proporção de domicílios com saneamento adequado, além de programas de transferência de renda3. Na sociedade moderna a pirâmide populacional também é típica de uma população envelhecida, com a redução da participação relativa de crianças/jovens e o aumento proporcional de adultos e idosos4. Entretanto, este crescimento demográfico da população idosa se deu de forma acelerada, acarretando importantes implicações para os indivíduos, famílias e sociedade sendo a principal preocupação a associação entre envelhecimento e dependência2.

  • Diagnóstico E Tratamento De Pacientes Com Neuralgia Trigeminal

    A neuralgia trigemimal é uma patologia relacionada ao quinto par de nervos cranianos, o nervo trigêmeo, o qual é considerado o grande nervo sensitivo da cabeça e nervo motor dos músculos da mastigação, dividindo-se em três ramos: oftálmico, maxilar e mandibular. O ramo oftálmico acomete a região do seio frontal e o dorso do nariz; o ramo maxilar sensibiliza as regiões do seio maxilar, a asa do nariz e a pele do osso maxilar; e por sua vez, o ramo mandibular afeta as regiões do lábio inferior e mandibular, podendo apresentar nesses pontos dores relacionadas à patologia. Os paroxismos intermitentes podem ser desencadeados por leves toques em áreas específicas da região orofacial, denominados zona de gatilho – que podem ser na pele, na mucosa ou mesmo em um dente. Normalmente é uma dor que está limitada ao território de distribuição do nervo trigêmeo. A neuralgia trigeminal é uma doença crônica de etiologia ainda não muito conhecida, que pode ser ocasionada por diferentes motivos, entre eles estão a compressão dos ramos do nervo por algum vaso sanguíneo, esmagamento ou fraturas de ossos da face que comprimem o nervo ou seus ramos, fatores emocionais e neoplasias. Não se sabe exatamente o motivo do surgimento desta patologia nas diversas incidências da mesma, pois apesar de identificar o agente causador não se sabe por quê o mesmo agiu, tornando este um caso de relevância para análise de casos clínicos como forma de obter uma aproximação do que ocorre primariamente para esse surgimento patológico. Segundo a International Headache Society – IHS, a Neuralgia Trigeminal é classificada em Clássica e Sintomática. A diferença básica entre as duas se dá a partir de que, quando não há nenhum fator patológico a não ser a compressão vascular a Neuralgia Trigeminal é definida como clássica. A Sintomática é desencadeada…